A ciência real por trás de Overwatch


Ficção científica é um gênero que sempre fez muito sucesso na literatura, cinema e claro, games. Overwatch tem sua história calcada no futuro, em aproximadamente 2065, portanto é notável que tecnologias ainda não existentes estejam presentes no jogo. Carros flutuantes, habilidades poderosas, próteses totalmente funcionais, são sonhos atualmente.

Vamos nesse post, enumerar algumas tecnologias e a ciência real por trás de Overwatch que são teoricamente possíveis e potencialmente críveis de se tornarem reais um dia.

Computação quântica

É evidente que os ôminicos não são mais do que inteligências artificiais regidas pela computação quântica, assim como quase toda a ciência por trás de Overwatch. Daqui a aproximadamente 15 anos, seremos capazes de construir aparelhos avançadíssimos no campo da computação. A história base do jogo começa aqui, e é um assunto extremamente complexo, portanto eu recomendo que assistam ao vídeo abaixo para entender melhor (tem legendas em pt-br):

Recomento fortemente o vídeo do Nerdologia falando quanto seria possível inteligencias artificiais e levanta a discussão presente em Overwatch, eles possuem “almas” e deveriamos trata-las como humanos? Veja:

Luz Sólida

Symmetra é uma arquitécnica, manipuladora de luz sólida, mas, o que é isso? No jogo, Symmetra consegue dobrar a realidade transformando luz em matéria. Ela literalmente transmuta fótons em átomos. Isso é possível no mundo real? SIM!

Cientistas americanos, sobretudo físicos, conseguiram criar luz sólida recentemente, em forma de cristais usando supercondutores e um super átomo artificial que literalmente congela os fótons permanentemente em um único local. O resultado disso são micro cristais translúcidos feitos literalmente de luz. É uma promessa científica incrível que pode abrir caminhos para outras tecnologias e facilitar a descoberta de novos materiais, além de conceder maior conhecimento sobre a física quântica.

Isso significa que o que Symmetra realiza no jogo pode ser feito no mundo real algum dia. Talvez não no que toca as suas habilidades específicas, mas sim à proposta da Viskhar que é usar luz sólida para construir rapidamente estruturas habitacionais e reconstruir cidades, por exemplo. É um passo muito grande, partindo do que foi obtido hoje (micro cristais) mas é um avanço significativo no campo da ciência (tem legendas em pt-br)

Teletransporte

Sombra, Symmetra e Tracer possuem formas de deslocar corpos através do tempo-espaço no jogo, permitindo que elas mesmas e aliados (no caso de Symmetra) movam-se a grandes distâncias de forma instantânea pelo mapa. O que a ciência real nos diz disso?

O teletransporte é talvez, o maior sonho da ficção cientifica para o mundo real. Pesquisadores já realizaram diversos experimentos que consistem em converter matéria em energia no ponto de entrada e depois reconverter essa energia novamente em matéria no ponto de saída. Microscopicamente falando, o teletransporte já existe.

Symmetra

No caso da Symmetra, que tem suas habilidades baseadas na manipulação da luz, talvez nunca tenha feito sentido pra você o porque ela teria a capacidade de criar um aparato que realizasse o teletransporte. Atualmente, cientistas japoneses conseguiram teletransportar fótons a mais de 16 km de distância.

O teletransporte hoje para a ciência, não é bem desaparecer de um lugar e aparecer em outro, mas sim modificar uma partícula quanticamente entrelaçada aqui e a outra ter suas propriedades alteradas também. Como os fótons são mais facilmente manipuláveis do que matéria sólida comum, são muito mais comumente utilizados nesses tipos de experimentos. Enfim, Symmetra permite que os seus aliados viagem através da luz, usando fótons como condutores, conectando dois pontos quânticos e permitindo que os estados moleculares de quem atravessa o aparato sejam “copiados” no final do túnel e destruídos no início. Esse processo atualmente gasta grande quantidade de energia, por isso no jogo, faz todo sentido científico o Teletransportador de Symmetra possuir apenas 6 cargas.

Tracer

Tracer pode pular para frente em saltos sucessivos. No jogo isso é explicado porque ela adquiriu essa habilidade devido a um acidente. Ela não podia controlar essa condição, mas Winston criou um Acelerador Cronológico que serve de âncora para que Tracer permaneça no presente. Isso também deu a ela a habilidade de se “teletransportar” e voltar no tempo (falaremos disso mais abaixo). O jogo sugere que Tracer consegue dar esses saltos pois acelera o próprio tempo e a joga no “futuro dela mesma”, tal como você apertar rapidamente o avançar de um filme que pule de quadros. O caso de Tracer é especial.

Sombra

Quanto à Sombra, sugere-se que ela hackeou Athena e obteve informações sobre o acelerador cronológico que Winston criou. Isso deu a ela informações suficiente para criar o Translocador. Sob a prática atual, o translocador age como um marcador molecular, gravando estado e posição da Sombra no momento do lançamento criando uma entrelaçamento quântico com a heroína, que quando solicita o retorno, se desconstrói no ponto que está e a “monta” novamente no ponto onde ele está.

By By

Ainda não é possível converter um ser orgânico complexo em energia e enviá-lo pelo wi-fi, pelo simples probleminha da quantidade energia proveniente da matéria que seria convertida. Segundo Einstein, converter matéria em energia resulta em grandes quantidades dela, o que torna inviável transmitir tantas informações, além do que, no destino, ainda não há meios de “ler” essas informações e montar um corpo sólido.

Reaper é um caso à parte, falaremos dele mais pra frente.

Viagem Temporal

Tracer, como já dissemos, pode controlar seu próprio tempo. Viagem temporal é um assunto muito delicado na ciência de verdade. Exceto pela teoria da relatividade, não há como viajar no tempo, e principalmente, voltar nele. O jogo usa de liberdade científica para retratar essa habilidade, e isso não é nada ruim. Existem apenas teorias e simulações (utilizando fótons, novamente) para explicar como seria possível, mas na prática isso nunca aconteceu, até agora. Buracos de minhoca, velocidade da luz, buracos negros… todos estão envolvidos e são extremamente incompreendidos pela ciência.

Regeneração Celular

Mercy criou a tecnologia biótica, que permite curar aceleradamente qualquer tipo de ferida, podendo trazer inclusive mortos de volta à vida. Isso fez dela uma médica valiosa e muitas habilidades no jogo são baseadas na sua tecnologia.

Cientificamente falando, regeneração celular é possível, porém ainda não na velocidade que o jogo retrata. O campo de nanobiologia e nanobiotecnologia ainda está engatinhando, mas já avançou muito desde que começou a ser estudado.

Estudo com células tronco, reposição celular e reconstituição tecidual artificial estão em estudo a todo vapor por várias instituições no mundo. Já foi possível recuperar órgãos falidos com células tronco, amostras de pele híbridas entre material orgânico e sintético já cobriram cobaias em experimentos e o potencial genético da regeneração de membros humanos está em estudo.

O que Mercy faz exatamente ainda é um mistério, mas suponho que seu raio biótico acelera a produção de energia e favorece a regeneração celular.

Sua suprema, que permite ressuscitar aliados mortos, talvez seja manipulação quântica, tal qual o outro lado do Gato de Schrödinger. Essa teoria do gato é muito complexa, mas resumidamente, ela sugere que a nível quântico, o gato está vivo e morto ao mesmo tempo. Assim penso que Mercy pode literalmente dobrar a realidade quântica dos aliados, mudando seu estado atual de morto para vivo. Sim é uma viagem, mas é muito interessante.

Intangibilidade

Reaper é o personagem mais misterioso do jogo. Suas ações e condição físicas são um mistério, apesar das teorias de uma má ressurreição por Mercy. Reaper é claramente a personificação do Gato de Schrödinger. Na descrição de sua história temos:

É possível que ele seja o resultado da falha de um experimento genético, que força suas células a se degenerarem e regenerarem simultaneamente, em uma velocidade ultra acelerada.

Isso remete diretamente entre ele estar vivo e morto ao mesmo tempo, permitindo se tornar um “fantasma” separando suas células umas das outras e se deslocar a grandes distâncias. Então, Reaper, assim como a grande maioria dos outros heróis de Overwatch, utiliza tecnologia quântica para lutar.

Manipulação genética

Winston é um gorila. Um gorila geneticamente modificado, parte de um experimento em uma base lunar.

Manipulação genética é uma realidade.

Começamos devagar manipulando os genes de plantas. Logo depois fizemos clonagem, e já estamos a passos largos na direção da modificação genética animal e humana. Winston possui características humanas pois seus genes são uma mistura.

Não sabemos se será possível um gorila falar e criar ciência no futuro. Mas essa possibilidade altera tudo que pensamos ser imutável no campo da saúde humana no futuro. Como por exemplo, a extinção de doenças genéticas e aumento da longevidade humana (Reinhardt está aí, com tudo em cima aos 61 anos). Para entender melhor o quão largo estão nossos passos, veja o vídeo abaixo:

Saiba mais

Para aqueles que ficaram interessados e gostam desse tipo de assunto o famoso site e podcast do Jovem Nerd possui 2 podcasts falando apenas de tecnologias futuras o que são possíveis e o que seriam necessárias para acontecer! ESCUTE.

NERDCAST 381 – TECNOLOGIAS DO FUTURO 01

NERDCAST 432 – TECNOLOGIAS DO FUTURO 02

Isso só nos mostra o quanto o jogo é bem trabalhado. Não existe nada nele sem propósito e explicação científica (mesmo que teórica). Isso nos faz admirar o trabalho de desenvolvimento e nos fazer apaixonar por esse game a cada dia mais.

Você conhecia todas essa informações? Acha que poderíamos falar de outras tecnologias que não citei aqui? Falem conosco!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.