NOTÍCIAS PATCH NOTES PTR Marcelo "Mekanos" Timóteo

O Balanceamento chega para todos – Testes no PTR

Está online no PTR, inúmeras mudanças em alguns heróis, a fim de balancear melhor o jogo. Como todos sabemos, Overwatch é um jogo em constante evolução e de tempos em tempos, ajustes em heróis precisam ser realizados para melhor se encaixarem no jogo, seja qual for o motivo.

Recentemente, após a primeira fase da Overwatch League, tivemos a confirmação de que muitos heróis permaneciam situacionais demais. Além disso, alguns heróis eram sobretudo, inviáveis frente ao meta. Destaque para Symmetra que sequer deu as caras durante todo o campeonato.

Claramente, era questão de tempo até que os desenvolvedores passassem a ver com olhos mais críticos a posição desses personagens. Entre os heróis que receberão balanceamento em breve temos: Sombra, Mei, Doomfist, Hanzo, Symmetra e Torbjörn.

Sombra

A hacker mexicana recebeu uma mistura de nerfs e buffs para compensar sua função dentro do jogo. O objetivo dos desenvolvedores é tornar Sombra mais ativa nas lutas, dando poder à sua habilidade de hackear, removendo o ganho de habilidade suprema por cura em healthpacks.

Claro, remover ganho de suprema por cura é um golpe muito forte à metodologia utilizada atualmente. Se Sombra não ganha mais suprema assim, quer dizer que a estratégia dela em Dives será extinta.

Esse nerf foi pensado para compensar o poder que sua suprema irá adquirir com os buffs que o hack vai receber. Agora ela hackeia muito mais rapidamente e anula muitas habilidades passivas:

  • O pulo duplo e escalada do Genji
  • A escalada do Hanzo
  • A suspensão à jato da Pharah
  • O descenço Angelical da Mercy
  • A música corrente do Lúcio

Isso vai tornar Sombra muito mais importante durante uma luta. Antes, ela era simplesmente um “bot” de suprema para facilitar o primeiro engage, não sendo tão ofensiva quando poderia.

Reduzir o ganho de suprema de um lado, permitiu que ela ganhasse outras melhorias em outros campos. Agora Sombra tem 10% a menos de spread na sua SMG e seu translocador dura 20 segundos. Segundo Jeff, 15 segundos era um tempo muito curto para que ela preparasse se ataque e não a tornava útil ao time nessa posição. Como agora ela ganhará suprema apenas com o dano causado, é coerente que ela tenha mais poder de fogo e maior tempo de ação na luta.

Esses 5 segundos à mais no translocador está se mostrando incrivelmente útil para emboscadas e permite que ela permaneça por mais tempo na luta antes de precisar voltar.

Mei

Nossa amada climatologista chinesa vai ficar mais fria em breve. Apesar de Mei ser uma reclamação constante como “estar forte demais” em vários fóruns e grupos de discussão, ela tem alguns problemas de usabilidade. Mei tem problemas para congelar inimigos muito móveis e isso torna seu uso frustrante pelos jogadores.

A partir de agora, Mei está congelando por mais tempo seus alvos, dando oportunidades mais asseguradas de abates. Congelar seus inimigos por uma duração maior permite que Mei seja uma defensora mais consistente. Além disso tudo, foi adicionado maior poder de fogo ao disparo secundário do Aniquilador Endotérmico.

Apesar de parecer estranho, era um problema comum gastar-se praticamente toda a munição do Aniquilador tentando congelar um alvo, e quando isso acontecia, Mei ficava sem munição para finalizá-lo.

A partir de agora, o nosso amado “demônio” vai ter um poder de fogo mais efetivo. Entretanto, ficará ainda mais mortal para personagens com mobilidade reduzida.

Doomfist

Além dos inúmeros bugs corrigidos que o nigeriano enfrentava, Doomfist recebeu pequenas alterações no seu Canhão de Mão. Todos sabem bem que o Canhão não é nem de longe o ovo de ouro de seu kit. Apesar da recente recalibragem de dano, Doomfist é muito vulnerável quando suas habilidades corpo a corpo estão recarregando.

Para calibrar esse momento, a taxa de recuperação de munição do canhão de mão foi reduzida de 0,8 para 0,65, por carga. Isso significa que Doomfist vai recuperar munição muito mais rapidamente aumentado seu DPS. É melhor ficar bem esperto quando for atacá-lo, pois ele pode revidar mais depressa do que você imagina.

Essas mudanças acima, já estão disponíveis para teste no PTR.

As mudanças (e considerações e especulações) abaixo em breve, deverão chegar ao servidor de testes:

Hanzo

Apesar de Sombra ser praticamente a protagonista no quesito mudanças nesse patch, Hanzo está roubando os holofotes antecipadamente.

Segundo Jeff, muito em breve veremos o que os desenvolvedores criaram para substituir a habilidade Flecha Dispersora.

Demorou quase dois anos para os desenvolvedores verem que uma única habilidade comum causar a morte instantânea de um tanque com armadura não era muito normal. Para isso eles vão realizar muitas mudanças no japonês preferido no seu time nas ranqueadas.

Muitas alternativas foram testadas para nerfar a Flecha Dispersora, incluindo redução de dano, e impossibilidade dela se espalhar a partir do chão. Porém, pareceu um nerf duro demais para Hanzo, então um rework na habilidade é praticamente certo. Geoff Goodman descreveu no fórum as habilidades que estão sendo testadas.

Segundo ele, uma nova habilidade chamada “Volley” entrará no lugar da Dispersora. Essa habilidade permitirá que Hanzo atire 6 flechas com dano menor em 2 segundos, uma taxa bem alta de disparo. Além disso, é quase certo que o mais velho dos Shimada receba também, uma habilidade evasiva.

Como a flecha dispersora era considerada a “defesa” do japonês, um salto horizontal controlável será adicionado ao seu kit de habilidades. Isso permitirá que ele evada-se de uma situação ruim mais facilmente, inclusive enquanto dispara uma tonelada de flechas no seu agressor.

A diferença mais importante de uma habilidade para a outra (que inclusive causa praticamente o mesmo dano) é que agora o Volley exigirá mira mais assertiva e não funcionará como a Dispersora, causando morte instantânea do alvo.

Symmetra e Torbjörn

Os construtores do jogo também estão na mira dos desenvolvedores e deve receber melhorias em breve. A ausência de Symmetra durante a fase inaugural do campeonato da Overwatch League não passou despercebida pela comunidade.

Apesar da má fama que os os construtores tem, não é saudável para o jogo que eles não sejam viáveis em pelo menos uma situação sequer dentro do meta atual.

Jeff já declarou que as mudanças não serão grandes o suficiente para incluí-los totalmente no meta. Entretanto é evidente a necessidade de alteração para torná-los mais aceitáveis como teammates.

Ainda não sabemos o que os desenvolvedores estão pensando, portanto é bom ficar de olho.

Balanceamento vem, balanceamento vai…

Do lançamento pra cá, o jogo já sofreu tantas alterações que é difícil quantificar de memória. Já tivemos nerfs e buffs cruciais, reworks, mudanças no cerne do jogo e vários outros balanceamentos. Nem parece mais o jogo que todos conhecemos a dois anos.

Apesar desse balanceamento todo, Overwatch continua se consagrando um sopro de ar fresco e alegria dentro da comunidade. A cada dia que passa, mais jogadores entram para a comunidade. Fora os prêmios conquistados.

A Overwatch League é um sonho realizado e tudo parece correr incrivelmente bem.

Sem balanceamento, o jogo estaria estagnado e com certeza já teria caído no esquecimento, principalmente no cenário profissional. Overwatch ter importância nesse cenário é bom para todos. Para os profissionais e para nós.

Ansioso com as mudanças no Hanzo? Receoso com o balanceamento da Mei? Comente!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.