Cooler Master anuncia equipe de Overwatch formada só por mulheres na Malásia

Enquanto algumas organizações vêm abandonando o cenário competitivo de Overwatch, outras vêm inovando e, por quê não, revolucionando o mesmo. A Cooler Master, parceira da Malaysian Battlefield Team (MBT), anunciou o primeiro time formado só por mulheres da Malásia, o MBT.Valkyrie.

Parceira da MBT, a Cooler Master apoiará o time com periféricos, fontes, cases, entre outros materiais necessários com o intuito de fortalecer o time e incentivá-las a ir em busca de seus sonhos.

A companhia já vem sendo conhecida no cenário pelos seus esforços em manter o esport vivo no país e fortalecer ainda mais a Malásia como uma potência através de novos eventos.

A divisão da MBT foi a vencedora do MSI Overwatch Open Tournament de 2017 e terceira colocada no Overwatch MSI MGA Dragon Cup 2017.

O time conta com as atletas:

  • Sylvia “Yue” Yap
  • Elaine “Bloodyrukia” Chern
  • Alice “EvieNya” Chong
  • Angeline “iCaramel” Chan
  • Tan “GrilledKoi” Yen Li
  • Amanda “Hamlet” Yow
  • Yuukii “Kusochii” Yong

Uma comunidade inclusiva

A MBT.Valkyrie não surge apenas como o único time da Malásia formado somente por mulheres. Tal iniciativa é muito bem recebida pela comunidade, que visa ser cada vez mais inclusiva e expansiva.

O surgimento das mulheres também é importante para o cenário, que é tão tomado por jogadores homens e que acabam por vezes dificultando o acesso de meninas atletas que podem competir de igual para igual.

Para elucidar melhor essa questão, nada melhor do que a palavra de uma das atletas do time, Amanda “Hamlet” Yow:

“Eu me sinto extremamente feliz por ser parte desta equipe, é claro! Mas no fim do dia, eu acho que o gênero não deveria importar quando se trata de eSports. Diferente de esportes convencionais onde a separação do gênero é necessária, isso não é refletido nos eSports, onde habilidades mentais são necessárias mais do que habilidades físicas. Não importa o gênero da pessoa que está sentada atrás da tela, o que importa é sua atitude.”

Respeito acima de tudo

Embora Amanda tenda a reforçar que não deveríamos nos importar com o gênero, sabemos que não é todo jogo que conta com times compostos por mulheres. Isso em si já é mais uma vitória para o cenário do Overwatch.

Para o jogo da Blizzard, que sempre teve tal proposta e que sempre deu importância e respeita questões delicadas como intolerância de gêneros entre outras, a MBT.Valkyrie certamente quebra um paradigma e ainda incentiva novas meninas à irem atrás de seus sonhos sem dar importância ao gênero, da forma como Amanda espera.

O mundo precisa disso, assim como a comunidade e o próprio esport precisam que todos sejam respeitados independentemente de sua raça, credo, gênero, ou qualquer outro aspecto em detrimento de suas habilidades para com o jogo em si.

Toda sorte às meninas do time e à todas que buscam o reconhecimento no cenário, afinal de contas, como o próprio lema do jogo diz, o mundo sempre precisa de novos heróis!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.