GUIAS MODO DE JOGO Marcelo "Mekanos" Timóteo

Dicas para o modo Deathmatch

Após muitos pedidos e com a vinda do Arcade para o jogo ano passado, os desenvolvedores implementaram o modo Deathmatch. Como todos que são veteranos no gênero de tiro em primeira pessoa sabem, o “mata-mata” é o modo mais clássico de FPSs.

Apesar das negativas da empresa sobre a implementação dessa modalidade em Overwatch, acabamos sendo agraciados com mais esse modo divertido. Entretanto, como Overwatch é um jogo baseado em classes, nem todos os heróis são totalmente aptos a se aventurar nesses modos.

Vamos aqui nesse texto, indicar os melhores picks e as melhores composições para o Deathmatch solo. Lembre-se porém, que tudo depende de sua habilidade pessoal e nada te impede de treinar com seu herói favorito.

Dicas gerais e Picks recomendados para o Deathmatch Todos contra todos

A premissa é muito simples. Escolha o herói de sua preferência e obtenha 20 abates para vencer em primeiro lugar. Para isso é altamente recomendável escolher um herói que cause dano e/ou possua alta sobrevivência.

Causar dano é importante pois é imprescindível finalizar o inimigo para garantir o abate. É muito comum no deathmatch o “kill steal” onde você causa muito dano a alguém, mas outra pessoa finaliza seu inimigo e rouba a sua kill.

Discussões calorosas nos fóruns norte americano e brasileiro abriram debates sobre a justiça dessa mecânica, mas infelizmente não há o que se fazer.

Jogar com um personagem que causa dano expressivo ajuda a garantir essas mortes e evitar os roubos. Já por outro lado, roubar mortes pode ser uma estratégia também, então vamos considerar todas as possibilidades, afinal todos são inimigos.

Roadhog

Roadhog é o personagem que possui maior sobrevivência no deathmatch. Ele possui muita vida, recuperação resistente e não é fácil solar. Dessa forma o porco se torna uma problema nesse modo às vezes tendo que ser abatido em conjunto com outro inimigo.

Seu buff recente no Pegando Fôlego deu muito mais sobrevida a ele e poucos heróis são capazes de derrotá-lo durante o cooldown da habilidade. Ele é um dos personagens que possuem a melhor relação K/D  e atualmente os únicos counters possíveis para Roadhog são McCree e Ana. McCree pode imobilizar o australiano e reduzir muito sua vida com o Descarregar o Tambor. Ana pode interromper sua cura. Ana não é muito recomendada para o deathmatch, mas se você domina a personagem tudo é válido.

Sombra

Sombra é muito efetiva nesse modo, usando de sua furtividade e sua passiva “Oportunista” para roubar mortes. Além disso ela é mestre em realizar emboscadas e reduz muito a sobrevivência dos inimigos. Hackear um healthpack no deathmatch é uma cajadada para dois coelhos: você garante sua recuperação de vida e impede os inimigos de se curarem.

Além disso Sombra pode usar healthpacks hackeados ou não hackeados como iscas para finalizar inimigos. Como ela vê oponentes injuriados através das paredes, ela pode preparar o bote para finalizar todos que se aproximarem de healthpack que esteja sendo vigiado. Além disso hackear inimigos impede que eles se salvem, escapem ou te matem.

Tracer

Tracer é um personagem especialista. Ela pode ser uma faca de dois gumes, dependendo de quem está jogando com ela. Todos sabemos que a evasão do personagem é seu maior trunfo, fora que a Recordação é utilizada como um recurso de cura também.

Ela tem poder de fogo para eliminar muitos alvos em um único clipe das pistolas, mas também tem o menor HP do jogo. Tracer também sofre quando há outros jogadores rivais que pickaram McCree e outros counters no deathmatch. Geralmente há sempre mais de um e ela sempre sofre com stuns e tiros na cabeça. Não seja alvo fácil e atire essencialmente na cabeça. Finalizar os inimigos rapidamente é o foco da Tracer.

Hanzo e Doomfist

Qualquer personagem que possua one hit kill é recomendável para o deathmatch. Hanzo pode eliminar com apenas um tiro, praticamente todo mundo em Overwatch. Além disso, a Flecha Dispersora é um recurso defensivo-ofensivo valioso. Aproveite as características dos mapas para usar highground e fugir quando preciso.

Doomfist é singular. Pode se mover pelo mapa com agilidade fugindo e atacando (as vezes ao mesmo tempo). Fora que o Soco Foguete é devastador. Doomfist ainda tem uma pequena vantagem em cima de Hanzo defensivamente falando, já que ele ganha escudos ao socar.

São personagens excelentes para esse modo, mas lembre-se, não adianta nada pickar um personagem com skillshot elevado se você não souber usá-lo.

Soldado 76

O ex comandante Morrison é padrão ouro nesse modo. Ele vai bem em qualquer situação onde matar é a lei. Ele tem dano significativo, mobilidade e sustentação. Mirar na cabeça dos inimigos em burst é a forma mais eficiente de finalizá-los e é necessário sabedoria para usar o Campo Biótico e não ficar em maus lencóis.

O Foguete Hélix é excelente para causar dano massivo em personagens resistente e pode levar até mais de um personagem ao mesmo tempo. Evite entrar em locais muito fechados, como corredores ou porões para não ficar em desvantagem.

McCree

McCree é um matador inveterado. Não possui meios de sustentação, mas tem escape e alto dano ofensivo. Mirar na cabeça com o americano é essencial e saber usar o clarão pode salvar sua vida várias vezes, além de garantir um abate. Tente não ficar sem munição em momentos chave e prefira locais abertos onde o inimigo não possa usar coberturas frequentemente.

Use o Descarregar o Tambor com parcimônia e evite se colocar em meio a muitos inimigos isolando um ou outro alvo por vez.

Symmetra

A rainha das armadilhas, Symmetra é excelente nesse modo, mas depende de quem são os inimigos. Ela pode preparar tocaias de sentinelas em áreas onde há heathpacks para finalizar alvos machucados que venham se curar.

Além disso, ela não precisa de precisão para mirar e causar muito dano aos inimigos. Em áreas de confronto entre vários personagens, ignorar uma Symmetra causando dano pode ser a ruína dos demais.

A indiana também, possui metade do HP baseado em escudos que se regeneram, tornando-a menos dependente de cura pelo mapa. Entretanto Symmetra pode não ser muito efetiva contra tanques e é muito comum ela ter seus alvos finalizados por outros jogadores. Outra técnica válida é utilizar o Gerador de Escudos como chamariz para atrair vítimas.

Reaper

Reyes pode matar muitos alvos com poucos tiros, e ganhar HP no processo. Além disso ele tem habilidades móveis e de escape ideais para se manter vivo muito tempo. Para ser efetivo de Reaper, é essencial que fique sempre a curta distância do seu alvo e acerte a maioria dos disparos. Fique atento ao sair da Forma Fantasma pois nesse momento você fica vulnerável e pode ser morto com facilidade.

Reaper também é efetivo em tocaias em healthpacks para matar alvos que venham se curar.

Mei

A chinesa que todos nós amamos odiar é muito boa nesse modo pois possui muito dano e alta sobrevivência. A habilidade de congelar alvos faz dela um inimigo a ter temido e muitas vezes até evitado no deathmatch.

Usar a Muralha de Gelo para fugir é mais efetivo que usar para se proteger em muitas ocasiões e às vezes, cancelar o Congelamento Criogênico antes do final possa ser benéfico para surpreender os inimigos. Não hesite em usar o tiro alternativo e não perca a chance de usar sua suprema em grupos de inimigos para ganhar vários abates de uma vez só.

Junkrat

Junk está com a corda toda depois de seu buff mais recente. Ter uma mina extra significa muito mais poder de fogo e destruição. Junkrat se aproveita bem de corredores e pode usar os healthpack como iscas para matar alvos com o combo Armadilha de Aço + Mina de Concussão, já que teoricamente quase não há outra fonte de cura no modo.

Junkrat também é muito defensivo e pode obliterar estruturas (como torretas) e impedir que outros heróis se aproximem dele. Entretanto, Junkrat é vulnerável ao seu próprio poder de fogo seja ela vindo de outro Junkrat ou de uma refletida de um Genji

Outros heróis

Em vias, qualquer herói que possua dano elevado ou sobrevida alta é viável nesse modo de jogo. Genji é excepcional, Windowaker é passível de estrago, Pharah é explosiva, e tanques como Orisa, D.Va e Reinhardt são efetivos nas mãos de quem sabe jogar. Heróis defensivos também tem seu espaço aqui, como Torbjörn que é literalmente duas fontes de dano e Bastion que se bem posicionado pode levar uma galera muito facilmente.

Tirando alguns suportes em essência, qualquer personagem está apto a ser utilizado no deathmatch. Mas lembre-se: contando que ele seja do seu domínio.

Obviamente, uma Mercy não é recomendada para o deathmatch todos conta todos, por motivos óbvios, mas se você quer se divertir pelo desafio, ninguém te impedirá.

Enfim, o Deathmatch chegou e está aí para divertir a todos, e ninguém vai reclamar com você por pegar um personagem fora do padrão não é? Gostou dessas dicas? Conte para a gente o que achou desse modo novo!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.