ESPECIAL Marcelo "Mekanos" Timóteo

Entendendo Moira | Disponível para teste no PTR

Moira deve chegar no PTR para teste público dia 07/11. Antes disso, podemos analisar com base em vídeos e relatos de pessoas que já testaram a heroína, seus aspectos e sinergias.

A geneticista Irlandesa é uma curandeira da classe suporte, e vem em um momento onde Mercy está sofrendo vários ajustes. Além disso, não é segredo para ninguém que a comunidade pedia um novo curandeiro a meses.

Moira é uma cientista, geneticista brilhante que não mede esforços para atingir seus objetivos, mesmo que eles passem por cima da ética e do bom senso. Esse tipo de atitude acabou por desacreditar a cientista em seu próprio meio, fazendo com que perdesse financiamento e reputação. Mas ela é obstinada e ambiciosa. Usando recursos de fontes escusas e duvidosas, continuou trabalhando nas sombras desenvolvendo tecnologias genéticas e aprimorando seu próprio corpo.

Pode copiar?…

Moira chamou atenção de todos pelas várias similaridades com outros personagens já existentes no jogo, tanto em habilidades como em aparências. Entretando, olhando a fundo, o novo personagem possui uma mecânica única de gameplay.

Ela tem poderes parecidos com os do Reaper. Ataca usando orbes e com autolock como Symmetra. Lembra um pouco Zenyatta e faz um paradoxo interessante com Mercy.

Apesar de parecidas, as habilidades de Moira são únicas dentro do jogo e acrescentam novas possibilidades quanto a composições e meta. Moira por exemplo, é o primeiro personagem a ter uma suprema com ação dupla em Overwatch e a forma como os Orbes Bióticos se comportam é totalmente diferente de qualquer coisa existente no jogo.

…Pode, só não faz igual

Punhos Bióticos

Algo que chamou a atenção foi a ausência de uma arma, propriamente dita. Moira conjura seu dano ou cura com mecanismos acoplados às mãos provenientes do dispositivo presente em suas costas. Sua arma principal é chama da Punhos Bióticos e cada botão ou gatilho age de uma forma diferente.

O disparo primário lança um spray de cura de curto alcance que deve ser mirado nos aliados para ser efetivo, e possui “munição”, tornando essa habilidade relativamente complexa de usar. Já o disparo secundário causa dano nos inimigos a curta/média distância e possui autolock. Além disso causar dano nos inimigos recarrega a munição do disparo primário e cura a si mesmo.

Aparentemente o dano infligido pela heroína não parece muito alto, mas a habilidade de se curar enquanto isso torna as lutas menos desequilibradas, visto que o baixo dano é compensado com sobrevivência extra.

Esse tipo de ataque e defesa exige que Moira seja um suporte que vá à linha de frente nas lutas de equipe, e não que apenas fique atrás do grupo curando, já que uma hora essa cura irá esvaziar.

O estilo de animação do personagem lembra muito uma feiticeira conjurando magias, e pode ter sido um tipo de inspiração para o nome do personagem. Falaremos disso mais tarde.

Desvanecer

A habilidade de escape e movimentação de Moira se chama Desvanecer. Moira pode se deslocar para qualquer direção em teletransporte de forma rápida, ficando imune a dano durante isso e surpreendendo ou fugindo de inimigos.

Desvanecer se parece muito com o Passo das Sombras do Reaper, porém é muito mais rápido, tem um alcance menor, não prende o personagem numa animação e permite uso constante durante a luta. Como Moira precisa ficar perto dos inimigos para ser efetiva como curandeira com seu disparo primário, ter algo que aproxime ou se afaste deles é muito útil. Essa habilidade nos dá uma dica de sua importância da lore do jogo.

Orbe Biótico

A outra habilidade do boneco é um orbe flutuante que rebate nas superfícies e tanto pode curar, como causar dano a inimigos, dependendo de sua escolha. Ele possui carga para curar ou remover 200 de HP e não pode ser destruído, apenas bloqueado.

A escolha entre as duas funções pode ser determinante durante uma luta e tem um valor inestimável como suporte em ambientes fechados e corredores, como Horizon e Jukertown, por exemplo.

O Orbe supre a fraqueza que o Punho Biótico tem de exigir proximidade e mira com os aliados, podendo ser efetivo à longa distância, inclusive em alvos fora de visão e alcance imediato.

Apesar disso, para equilibrar as coisas, essas habilidade tem uma certa fraqueza no que se refere à suposta aleatoriedade de quicamento nas superfícies e no seu poder de cura e dano. Quanto mais aliados ou inimigos estiveram ao alcance do orbe, mais rápido ele será drenado.

É uma ótima habilidade para fazer combos com outros heróis ou com a própria Moira.

Coalescência

Submeta-se à minha vontade

A suprema de Moira introduz um conceito inédito em Overwatch. Possuindo duas funções simultâneas, causa dano a inimigos e cura aliados.

Coalescência

  • Fusão; união, junção ou aderência do que estava separado.
  • Processo através do qual os elementos dispersos se unem formando um todo maior.
  • Condição do que coalesceu; caraterística do coalescente, que é altamente aderente.
  • Fisioquímica. Aumento do volume da gota de um líquido por meio do contato com outras.

Aparentemente, Coalescência não causa um dano tão massivo assim. Mas a cura proporcionada seria bem ampla, a ponto de anular facilmente habilidades supremas de dano contínuo, como pudemos ver no trailer quando Pharah ataca.

O cone de ação da suprema dura 10 segundos e é linear podendo ser mirado do ponto onde Moira está atingindo todos em seu raio de ação, inclusive inimigos por trás de barreiras. Em um meta baseado em uso de barreiras, ter uma habilidade que as atravessa causando dano pode ser um indicativo de caminho para o futuro do jogo.

Porém, aparentemente a suprema de Moira poderá ser cancelada com um atordoamento. E ela permanece parada no local enquanto conjura a Coalescência tornando-se um alvo fácil.

Moira tem Inspiração japonesa?

Quando todos viram a aparência, estilo de movimentação e personalidade de Moira, claramente surgiram variados memes quanto à suas referências ao animes japoneses. Moira é o perfeito arquétipo do vilão andrógeno megalomaníaco de sentais e animações japonesas, apesar de sua origem ser completamente diferente.

A vontade de moldar o mundo à sua própria maneira é bem típico de planos vilanescos de personagens com visuais exagerados presentes nesse tipo de animações. O porte alto e aquilino de Moira juntamente com seu equipamento totalmente aparente mostra uma clara referência nesse esteriótipo de vilão com nuances duplas.

Gel Sadra – Gatchaman, Saga de Gêmeos – CDZ e Haku – Naruto

A aparência dela também só reforça essa dualidade entre morte e vida. Heterocromia, visual andrógeno e habilidades destoantes indicam que Moira pode ser levemente insana.

Tecelã da vida e da morte

Outra referência interessante vem da mitologia grega. As Moiras, ou irmãs do destino, são as responsáveis por controlar a vida e a morte dos humanos. Elas decidem quais os caminhos que um humano passará. A duração da sua vida pelo comprimento do fio que tecem.  Até a hora de finalizar o trabalho, cortando o fio para dar a morte ao infeliz representado.

Moira possui habilidades que claramente manipulam a vida e a morte. Talvez seu nome não tenha sido escolhido sem propósito.

O que você achou da nova heroína? Comente!

Você já pode testa-la

Atualizando o post hoje dia 06/11 a nova personagem já esta disponível no PTR e pode ser testada.

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.
  • ito

    Boa!
    Blizzard, agora aposentem a Mercy, que esta estragando o meta.