COMPETITIVO ESPECIAL Marcelo "Mekanos" Timóteo

Entendendo as Composições de Dive

Se você está antenado com o cenário competitivo de Overwatch, com certeza já escutou alguma menção ao estilo de jogo Dive.

Hoje vamos esmiuçar aqui as características dessas composições e os motivos de serem tão utilizadas.

Se você não manja muito do inglês, “Dive” é o significado de “Mergulho”. Isso indica claramente o tipo de composição que podemos esperar. Composições assim, tem o foco primordial o ataque instantâneo para que a captura do ponto seja mais rápida. Muitos heróis são recomendados para Dive Comps, mas no geral, os que possuem maior mobilidade brilham.

Dentre os personagens mais recomendados podemos citar rapidamente, Winston, D.Va, Lúcio, e Ana por exemplo.

Como o foco primordial é o ataque rápido, alguns personagens se expõe mais que outros para causar abates e confusão para a equipe inimiga. Por causa disso, é altamente recomendável que esses personagens sejam protegidos para que o ataque Dive seja efetivo.

Outra vantagem é que ataques Dive também são bem difíceis de serem counterados. É preciso ser ousado e sair da zona de conforto para causar dano máximo nos heróis e barreiras. Bastion e personagens com feixes de energia são muito recomendáveis aqui.

Dream Team do Dive

Winston

A grande estrela do Dive, aprensento-vos o carinhosamente chamado, Macaco!

Winston é praticamente a chave para realizar mergulhos e facilitar abates de forma rápida e eficaz. Seu canhão de Tesla tem a capacidade de atingir vários inimigos no cone de ação e pode alcançar lugares elevados com facilidade desfazendo composições defensivas facilmente.

O recente buff na sua barreira ajudou ele nesse trabalho ofensivo e além disso, ele não é tão fácil de matar se souber administrar sua barreira de forma inteligente e tiver um suporte bom ao seu lado.

Entretando é bom ressaltar que saltos solitários na equipe inimiga não costumam ser muito saudáveis. Uma D.Va ajudando a causar dano e protegendo Winston é muito recomendada nesse quesito, e um Lúcio dando velocidade para fugas rápidas pode ser muito forte se bem usado.

D.Va

Nossa amada coreana está nessa composição principalmente pela sua mobilidade excelente e sua Matriz de Defesa

D.Va, juntamente com Winston ajuda fazer um belo estrago na equipe inimiga, mas é necessário coordenação. Usar a Matriz de Defesa para proteger Winston é muito efetivo já que ela abrange 15 metros e ela se beneficia da barreira do macaco enquanto essa recarrega.

Permanecer atirando nesse momento ajuda Winston a limpar a área é afasta inimigos. Dessa forma, a comunicação é importante para que as duas habilidades defensivas não sejam usadas ao mesmo tempo, para otimizar eficiência.

Os Propulsores dão a D.va uma mobilidade sem igual e permite que ela acompanhe Winston onde ele for, seja no chão ou no highground. Além disso, permite uma fuga rápida se a situação ficar crítica demais.

Ana

Tanque são bons, mas o que seriam deles sem uma cura decente? Ana faz isso de forma magistral

Sua habilidade de fornecer suporte de longe e aumentar a taxa de cura dos aliados, fazem de Ana uma escolha praticamente obrigatória em Dive Comps.

Ana pode com sua Granada Biótica anular a cura no teamfight onde Winston e D.Va estão, além de facilitar a cura desses tanto por ela mesma, como por outras fontes.

Ana não é um personagem amigável de jogar, mas ela com certeza pode ser dominada com muito treino e ter uma na equipe faz muita diferença

Lúcio

Quem não ama esse Dj?

Lúcio é muito importante nessa composição pois acelera os aliados dando boost de velocidade e cura em área, o que faz muita diferença, ainda mais combado com a Granada da Ana.

Usar a velocidade tem duas funções básicas, porém importantes: dar engage e disengage para sua equipe.

Aumentar a velocidade dos seus aliados também é importante para favorecer os tanques, que apesar de possuírem habilidade móveis muito evidentes, não se movimentam naturalmente de forma veloz.

Um Winston e uma D.Va com velocidade acelerada podem ser um grande problema para os inimigos. Entretanto, apesar da faixa de velocidade ser muito importante aqui, é interessante usar o buff de cura quando Ana lançar uma granada para curar massivamente seus aliados.

Tracer

A garota mais rápida do reino unido chegou, queridos.

Tracer é uma escolha ideal para Dive Comps pois causa muito dano, pode abater alvos instantaneamente com sua bomba, é muito rápida e pode sair de situações ruins muito facilmente.

Tracer chama a atenção também por completar abates de alvos machucados pelo Winston e é padrão ouro quando o assunto é caçar os suportes inimigos. Eliminar fontes de cura ajuda muito a Dive Comp a ter sucesso, já que Winston não tem um dano tão elevado assim.

Como Tracer é muito frágil, ela pode ser abatida muito facilmente pelos inimigos, então é recomendável que fique junto com os tanques quando não estiver matando os curandeiros do time inimigo.

Genji

O ninja cibernético é o terror da backline inimiga

E é exatamente isso que deve ser feito em uma Dive. Atacar em todos os pontos de forma rápida ao mesmo tempo possui muita eficácia. Genji consegue causar comoção na retaguarda inimiga muito bem, além de forçar contestamento de ponto.

Usar suas habilidade para destruir os suportes inimigos também é muito útil para que a Dive tenha sucesso. Por isso, é sempre bom anular os curandeiros enquanto outros personagens ficam ocupados tentando lidar com Winston e companhia.

Apesar disso, é bom lembrar que Genji ainda é bem vulnerável a personagens que realizam zoning e se a equipe estiver preparada para lidar com isso, ele pode se dar bem mal

High Dive

Uma variação do estilo Dive, é o High Dive. Ele se baseia no tudo ou nada, jogando sua equipe completa com foco no ataque para levar o ponto de forma mais rápida ainda, independentemente se vão todos morrer no processo. Esse estilo está fazendo muito sucesso nos campeonatos da Coréia do Sul.

A diferença básica na composição dessa estratégia, é a substituição de um suporte (geralmente Lúcio) pela Sombra.

Sombra

Sombra aqui, é um suporte disfarçado.

O domínio dos Healthpacks e a desabilitação das habilidades dos inimigos tem foco primordial em High Dives. Ela supre parte da cura que um suporte faria e ainda pode ser muito ofensiva, sendo evasiva como toda Sombra é.

Atacar constantemente também tem um foco muito importante para Sombra no High Dive: o carregamento da sua suprema.

O P.E.M. é altamente eficaz em composições High Dive, pois anulam barreiras e desativam vários heróis de uma vez só

Sombra está brilhando muito no Meta Coreano. Ela tem subido cada vez mais nos índices de utilização dentro do cenário profissional do jogo. Vemos muitos jogadores se especializando na heroína, inclusive brasileiros, e claro, a tendência é que ela esteja cada vez mais presente.

Como counterar?

Realizar Dives é uma estratégia perigosa, sobretudo na defesa, já que o ideal é repelir os inimigos do ponto.

Dives são mais efetivas no ataque. E se você está na defesa sendo atacado, há pontos fracos a serem explorados.

  1. Dives são muito efetivas em ambos os pontos de mapas de captura. Entretanto o segundo ponto é naturalmente menos acessível e pode ser melhor assegurado, favorecendo a equipe defensora.
  2. A backline fica desprotegida. O ato de ataque da Dive deixa os personagens, sobretudo de suporte, abertos a ataques. Uma Ana fica muito vulnerável na backline e pode ser abatida por um flanqueador facilmente, já que seu time estará ocupado.
  3. Zarya não é tão efetiva counterando Dive Comps. Usar a D.Va para anular dano de um ataque dive é mais eficiente. Invista em personagens móveis.
  4. Para descer barreiras, use personagens com dano alto e fogo rápido. Bastion pode ser uma escolha inteligente aqui, apesar das reclamações que haverão. Bastion foi remodelado para destruir barreiras, então faz sentido ter ele aqui para acabar com a graça do Winston.
  5. Personagens que realizam zoning como Torbjönr e Symmetra podem ser valiosos aqui, se forem bem jogados. Principalmente pela proteção que eles promovem ao ponto e aos curandeiros do seu time. Conseguir derrotar um Genji ou uma Sombra faz muito diferença.
  6. Não hesite em matar Winston. A peça chave da Dive é ele, e claro, o foco total de toda sua fúria pela defesa do objetivo. Lembre-se que Winston é vulnerável a controle de grupo. Sem Winston, o Dive tem chance quase nula de ser bem sucedido.
  7. Zenyatta pode ser muito útil, mas ele precisa ser protegido. O orbe da discórdia vai facilitar as coisas para seu time. Além disso, ele pode curar alvos muito móveis com maior facilidade.

Teste composições

Utilize sua criatividade e dominância para segurar os invasores, e aproveite-se dos pontos fracos da composição. Não há forma mágica e 100% efetiva para lidar com Dives.

Pegando os counters corretos e pensando como equipe, aos poucos estamos sabendo lidar com esse novo jeito de jogar.

Já tinha as manhas para realizar Dives? Já sabe como parar o gorila lunar? Conte para nós!

Agradeço especialmente ao Lucas “Brook” Carlini pelo apoio e assessoria para confecção dessa postagem. Muito obrigado!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.
  • Felipe Soares

    gostei muito

    • Agradecemos sua apreciação. Sempre fazemos o possível para trazer conteúdo de qualidade para a comunidade!

      Abraços e boa sorte!