HISTÓRIAS NandoSonny

Entrevista com a inventora Efi Oladele

Numbani, um dos lugares mais inovadores em descobertas científicas e exploração, nos apresenta mais uma mente brilhante: Efi Oladele. No ano passado, ela construiu um portfólio de conquistas impressionantes em robótica e inteligência artificial, mas talvez seu feito mais impressionante foi aos onze anos de idade. No mês passado, ela recebeu o prestigioso “prêmio de gênio” da Fundação Adawe, em reconhecimento a todas as suas façanhas. Ela é, sem dúvidas, uma pessoa que terá sua carreira vista de perto e com muito interesse.

Nessa semana em “Spotlight on Numbani”, tivemos a oportunidade de entrevistar Efi, e saber um pouco sobre sua vida e planos para o futuro.

Eu queria começar lhe dando os parabéns, Efi. Isso é uma grande honra e muito merecida. Como você está se sentindo?

Incrível! Eu não estava esperando, então foi uma grande surpresa. Primeiro achei que fosse algum amigo tirando onda com a minha cara. Já faz uma semana que eu soube e ainda não parece verdade, mas estou muito feliz. É muito melhor do que ganhar a feira de ciências.

Como você começou a se interessar por robôs e inteligência artificial?

Bom, eu sempre me interessei. Depois que meus pais me deram meu primeiro kit de robótica, eu fiquei obcecada em montar pequenos drones. Quando comecei a ficar melhor nisso, tentei construir robôs para fazer pequenas tarefas em casa. Meus pais acham que isso é trapacear… não é justo! (risos)

Eu quero criar coisas que tornem nossas vidas melhores. E um dia, meu sonho é construir algo que nos mantenha seguros, como os novos OR15s! Acho que isso seria ótimo.

É incrível tudo que você já conquistou ainda tão jovem! Como você conseguiu?

Não sei bem como responder isso. Eu simplesmente me dedico! Acho que tenho sorte de ter pais que me entendem. Robôs podem fazer muita bagunça, sabe? E são bem caros.

Falando nisso, você já sabe o que pretende fazer com seu prêmio? Um computador novo? Pagar a faculdade?

Ah… tenho uma ideia…

Nenhuma pista?

Por enquanto é segredo… mas meus pais vão me dar uma viagem para comemorar! Vou viajar de avião pela primeira vez, então estou muito ansiosa!

Esse texto é retirado diretamente do Numbani Spotlight postado nos fóruns da Blizzard – Link Original aqui

Analise

Podemos notar que se trata de uma entrevista com uma garotinha de 11 anos vencedora do “prêmio de gênio” da Fundação Adawe.

Ela é uma garota prodígio como muitos no mundo de Overwatch, responsável por criar uma nova inteligencia artificial.

Ela não se aprofunda muito nas questões do universo de Overwatch mas nos mostra como o mundo esta focado novas criações e inteligencias para robôs.

Essa postagem trouxeram novas perguntas, como quem seria essa fundação Adawe? Seria ela uma empresa focada em trazer paz entre humanos e robôs?

Podemos ver no texto uma menção a um possível novo robô de proteção chamado OR15s! seria esse um novo modelo de Bastion?

Com um novo herói próximo do lançamento qualquer noticia é interessante, houve rumores do próximo herói ser grego, mas com essa ultima “atualização” sobre o mundo de overwatch pode acreditar que o próximo herói seja algo relacionado aos Ominios e talvez a própria cidade de Numbani

Ps: Nem de longe acho que ela será a nova heroína no game e sim algo que ela inventou, um novo ominico!

E você? Quais suas teorias sobre essa entrevista do mundo de Overwatch? Comente!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador de games desde quando me conheço por gente, Lord do Norte com habilidades questionáveis de estratégias, precisão de tiro em 25%, poder especial, criar trocadilhos.

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.