ESPECIAL Marcelo "Mekanos" Timóteo

Os Deuses de Overwatch – Mei

Já que estamos no clima do Ano do Cachorro, vamos conhecer uma deusa obscura para nós. Afinal, mitologia chinesa não é muito do nosso conhecimento geral.

Ano passado fomos agraciados com uma skin belíssima para Mei, em duas versões, representando a Deusa da Lua, Chang’e.

A lua é muito importante para os orientais, e possui muito significados.

Chang’e, da turma dos Deuses Exilados

No começo da criação, Chang’e era a mais bela imortal dançarina dos céus. Logo ela atraiu a atenção de Hou Yi, um héroi deus arqueiro. Claro que eles acabaram se casando e vivendo felizes etc e tal.

Só que quando as coisas ficam boas no começo é porque vem desgraça aí, vc sabe…

Antes, haviam 10 sóis, filhos do Imperador de Jade (o deus dos deuses chineses0), que se revezavam um após o outro. Aí um dia ele resolveram sair todos ao mesmo tempo, olha só que beleza? Claro que ficou bem quente.

O Imperador de Jade ficou bem nervoso com seus filhos e mandou eles se esconderem como de costume, mas não quiseram escutar, aí ele mandou Hou Yi descer na Terra e “assustar” os Sóis.

E o Nando Reis achando que eram só dois…

Como já dei o spoiler na imagem, Hou Yi ficou furioso com a devastação e derrubou 9 sóis (que se transformaram em corvos btw, que foram mortos também)

O Imperador não gostou nada disso. O que acontece quando você desobedece seu chefe leitores? Demissão, obviamente.

Como punição por Hou Yi matar seus “filhos”, o Imperador de Jade removeu a imortalidade dele e de sua esposa Chang’e. A coitada nem tava no bonde e entrou no fumo… vai entender.

A re-ascensão (ou não) de Chang’e

Chang’e ficou bem triste e nunca mais dançou. Claramente percebendo que fez merda, Hou Yi encontrou o elixir da imortalidade para restaurar seu status e de sua esposa como divindades.

Entretanto, ladrões vieram roubá-lo enquanto Hou Yi não estava em casa (por que não beberam esse raio de elixir no momento que obtiveram, só chinês pra explicar…).

Chang’e tentou por tudo que é meio proteger e esconder o Elixir, mas como não estava tendo sucesso, foi forçada a bebê-lo sozinha de uma talagada só. Como já aprendemos também, caros colegas, que beber demais não faz bem pra saúde, essa overdose foi demais pra uma pessoa só. Chang’e voltou a ser imortal junto com os deuses, entretanto ficou presa nos céus, impossibilitada de descer à terra. A lua virou sua nova casa, e também sua prisão.

Chang’e estava sozinha, e o Imperador de Jade achou que a solidão era muito pesada para ela. Então, concedeu a ela a posse de um Coelho de Jade para lhe fazer companhia. O Coelho podia descer à Terra, e era um meio de se comunicar com seu marido, Hou Yi, que ainda era mortal. O Imperador de Jade pode ser cruel, mas também é benevolente (chamo isso de bipolaridade…)

Diferente de outros deuses relacionadas à lua, Chang’e apenas mora lá. Muitos deuses (sobretudo orientais) são a própria lua ou a personificação dela.

Chang’e vive desde então na luz do luar, ansiando o dia em que possa se reunir com seu marido novamente.

Você já tinha a Skin Luna ou Chang’e? Conte pra gente!

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.