GUIAS MODO DE JOGO Marcelo "Mekanos" Timóteo

Trabalhe em equipe no Team Deathmatch

Semana passada fizemos um compilado de dicas e picks recomendados para o modo Deathmatch do jogo. Hoje vamos abordar sua variante, o modo em equipes.

Diferente do modo solo onde pegar um personagem com alto dano é indispensável, no modo por equipes equilíbrio é a chave. Notavelmente, assim como no modo de jogo padrão de Overwatch, equilibrar o time é muito importante. São 4 jogadores para cada equipe, abrindo espaço para que pelo menos um herói de cada classe possa ser escolhido.

Entretanto, Overwatch é um jogo democrático e nada te impede de escolher 4 ofensivos. Pode não ser tão eficiente assim, mas é uma opção que o jogo lhe dá.

Dicas Gerais

  • Manter-se agrupado com seu time é muito importante. O respawn ainda é aleatório, mas tente ficar com seu time o mais rápido e o máximo de tempo possível.
  • Como disse antes, é bom equilibrar as coisas mas é evidente que pelo menos um suporte e um tanque são necessários.
  • Abra o canal de voz para se comunicar com seu time, ou jogue com amigos.
  • Use os mapas a seu favor e tente ser sinérgico com o seu personagem e oportunidade de abate. Você pode usar personagens que fazem armadilhas para criar emboscadas em pontos de cura, por exemplo.
  • O Dream Team pode ser formado com um curandeiro, um tanque que anule ou bloqueie dano, um ofensivo com alto dano e um personagem que realize pickoff.

Picks recomendados para o Team Deathmatch

Mercy

Mercy tem uma particularidade ímpar nesse modo, que é a negação de contagem de abates para a equipe inimiga. Quando ela ressuscita um aliado, o contador de mortes do inimigo diminui.

Ela ficou muito forte nesse modo, principalmente agora que a Ressurreição é uma habilidade comum que pode ser usada frequentemente. Além disso Mercy é excelente para dar sustain para um aliado que esteja sob fogo constante.

Sombra

Sombra pode negar o uso de pacote de cura pelos inimigos e ainda por cima preparar emboscadas. Além disso ela é importante por fornecer um “suporte secundário” ao time, e tem dano razoável.

Você também pode usar a Sombra como batedora. Sua alta mobilidade e discrição de deslocamento pelo mapa permite avisar sua equipe sobre o posicionamento inimigo.

D.Va

Apesar do recente nerf em sua Matriz de Defesa, D.Va aguenta bem o dano quando assessorada por um suporte. A coreana tem uma mobilidade alta e pode chegar em vários lugares de difícil acesso muito rapidamente. Ela ficou muito agressiva também com as mudanças em seu voo e com sua nova habilidade, os Micro-Mísseis.

Além disso tudo, é vantajoso ter ela na equipe pois são praticamente dois personagens cuja morte conta apenas com a finalização da mini D.Va. Quebrar o mecha não dá abate para o inimigo e aumenta a sobrevivência do personagem. Vida Extra!

Widowmaker e Hanzo

Ficar de longe, matando alvos com a penas um tiro na cabeça pode fazer muita diferença no Team Deathmatch. Claro, para isso é necessário um skillshot bem elevado, mas é uma opção com um custo-benefício muito bom.

Os snipers, como a Widowmaker, possuem mobilidade vertical alta, permitindo se deslocar rapidamente de terreno, tanto para táticas agressivas quanto para fugas.

Hanzo ainda tem vantagens tanto no chão quanto no highground por causa da Flecha Dispersora e pode ajudar a localizar inimigos com a Flecha Sônica.

Soldado 76, McCree  Genji e Tracer

O poder de dano desses personagens os torna uma opção segura em ambos os modos Deathmatch. Tirando Tracer e Genji, que exigem muita habilidade para serem efetivos e não morrer sempre, 76 e McCree podem jogar mais agressivamente de cara com os inimigos para garantir abates para sua equipe.

Aproveite a proteção fornecida pelo seu tanque e tente ser preciso ao usar suas habilidades supremas

Symmetra e Torbjörn

A indiana está novamente na lista, ainda mais no modo por equipes que é onde ela mais faz diferença. Ter Symmetra como aliada é muito bom para equipe por vários motivos. Um deles é claro, a adição de mais 75 de HP em forma de escudo com sua suprema, mas também, pelas sentinelas espalhadas pelo mapa. Symmetra pode realizar tocaias em healthpacks para finalizar alvos ou espalhar torres pelo mapa para conhecer a movimentação inimiga. Além disso fornece proteção com a barreira chegando até a anular supremas inimigas e causa muito dano se tiver a chance.

Torbjörn é o misto de suporte com defesa e pode ser muito útil para o time. Pode não parecer, mas o anão tem um dano bem alto e a Torreta pode ser muito irritante para personagens que dependem de mobilidade para jogar. A Torre também serve muito bem como distração e faz abates sozinha se bem posicionada. A Armadura tem uma importância alta como salva-vidas pois além de aumentar o a vida em 75 pontos, mitiga 30% de dano.

Personagens com barreiras

Orisa, Reinhardt e Winston pode ser muito úteis ao time por causa de suas barreiras. Bloquear dano pode ser decisivo durante um confronto e seu time tem que saber aproveitar a brecha que a barreira abre para realizar abates e sobreviver.

Tenha em mente que muitas vezes, jogar com esses personagens significa deixar seus ofensivos livres, e talvez realizar muitos abates não seja uma estratégia legal. Evite se colocar em risco e conte sempre com a ajuda do seu suporte para permanecer vivo.

Zarya é peculiar nessas escolhas de time. Como o time inimigo muitas vezes pode estar espaçado um do outro e o dano talvez não seja constante tal qual uma fight no jogo corrente, até porque são apenas 4 inimigos, o acumulo de energia para o Canhão de Partículas pode ficar comprometido. Use Zarya apenas se notar que o dano causado pelo inimigo compensa, pois você corre o risco de ficar com energia baixa o tempo todo.

Personagens com alto dano

Reaper, Junkrat, Mei entre outros, todos são elegíveis a fazer parte da equipe de um Team Deathmatch. Procure estratégias que funcionem bem e monte uma equipe sinérgica onde o alto dano desses personagens seja compensado com cura ou proteção. Ter um time animal dando dano absurdo pode parecer uma boa estratégia, mas equilibrar as coisas tem mais valor.

Explore possibilidades

Como deu pra notar, diferente do Deathmatch solo, o Team Deathmatch exige que às vezes, você tenha que pegar um personagem que não esteja querendo jogar pelo bem da equipe. Entretanto um time reduzido abre muitas variáveis de composição que podem ser combinadas com seus colegas no momento. A troca de personagens é possível ainda e ninguém precisa ficar preso a um personagem que não está funcionando. Use seu conhecimento adquirido nas partidas convencionais de Overwatch e divirta-se!

Já farmou as 3 caixas do Arcade essa semana? Quantos itens faltam pra você desbloquear? Fale conosco.

ESCUTE NOSSO PODCAST

Sobre o autor | Website

Jogador casual de forma séria, interessado em qualquer coisa que possa ser controlada numa TV. Habilidades questionáveis em jogos de tabuleiro e agraciado pela sorte em 50% dos casos. "As amarras da sua mente, são sua prisão"

Receba todas as noticias do mundo de Overwatch!

100% livre de spam.